Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
 
 
 
2
3
4
5
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
23
24
25
26
28
 
 
 
 
 
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Home  > O que é uma IBA? > Critérios de identificação
imprimir

Critérios de identificação
Na tabela abaixo encontram-se em formato resumido os critérios utilizados para a identificação de IBAs. Para uma melhor descrição e explicação destes critérios pode consultar o nosso livro.


Áreas importantes ao nível global
A1. Espécies ameaçadas ao nível global
O sítio suporta regularmente números significativos de uma espécie com estatuto de ameaça ao nível global
A2. Espécies com distribuição restrita
O sítio suporta ou é suposto suportar uma parte significativa da população de uma espécie com área de distribuição restrita, cujas distribuições de nidificação definem uma EBA (Endemic Bird Area) ou uma SA (Secondary Area)
A3. Espécies dependentes de um bioma
O sítio suporta ou é suposto suportar um conjunto significativo de espécies cujas áreas de distribuição se encontram confinadas maioritária ou inteiramente a um tipo de bioma
A4. Concentrações de aves
(i) O sítio suporta ou é suposto suportar, regularmente, mais do que 1% de uma população biogeográfica de uma espécie de ave aquática
(ii) O sítio suporta ou é suposto suportar, regularmente, mais do que 1% de uma população global de espécie de ave marinha ou terrestre
(iii) O sítio suporta ou é suposto suportar, regularmente, mais do que 20.000 aves aquáticas ou mais do que 10.000 casais de aves marinhas de uma ou mais espécies
(iv) O sítio é conhecido, ou é supostamente, uma área bottleneck* na qual ocorrem pelo menos 20.000 cegonhas (Ciconiidae), aves de rapina (Accipitriformes e Falconiformes) ou grous (Gruidae) em passagem migratória, de primavera ou outono
B1. Concentrações de aves
(i) O sítio suporta ou é suposto suportar mais do que 1% de uma via migratória ou de uma população distinta de uma espécie de ave aquática
(ii) O sítio suporta ou é suposto suportar mais do que 1% de uma população distinta de uma espécie de ave marinha
(iii) O sítio suporta ou é suposto suportar mais do que 1% de uma via migratória ou de uma população distinta de uma espécie gregária
(iv) O sítio é uma área bottleneck* na qual ocorrem mais de 5.000 cegonhas ou mais de 3.000 aves de rapina ou grous em passagem migratória, de primavera ou outono
B2. Espécies com estatuto de conservação desfavorável na Europa
O sítio é um dos n mais importantes no país para uma espécie com estatuto de conservação desfavorável (SPEC 2, 3), e para a qual a protecção ao nível do sítio parece ser apropriada
B3. Espécies com estatuto de conservação favorável na Europa
O sítio é um dos n mais importantes no país para uma espécie com estatuto de conservação favorável (SPEC 4), e para a qual a protecção ao nível do sítio parece ser apropriada




Áreas importantes ao nível da União Europeia
C1. Espécies ameaçadas ao nível global
O sítio suporta regularmente números significativos de uma espécie ameaçada ao nível global ou outras espécies com estatuto de ameaça
C2. Concentrações de uma espécie ameaçada ao nível da União Europeia
O sítio suporta regularmente mais do que 1% de uma via migratória ou de uma população na União Europeia de uma espécie ameaçada ao nível da União Europeia (incluída no Anexo I e referida no Artigo 4.1. da Directiva Aves)
C3. Concentrações de espécies de aves migratórias não ameaçadas ao nível da União Europeia
O sítio suporta regularmente mais do que 1% de uma via migratória ou de uma população na União Europeia de uma espécie não ameaçada ao nível da União Europeia (referida no Artigo 4.2. e não incluída no Anexo I da Directiva Aves)
C4. Espécies gregárias: grandes concentrações
O sítio suporta regularmente pelo menos 20.000 aves aquáticas migradoras e/ou 10.000 casais de aves marinhas, de uma ou mais espécies
C5. Espécies gregárias: áreas bottleneck*
O sítio é conhecido, ou é supostamente, uma área bottleneck* na qual ocorrem pelo menos 5.000 cegonhas (Ciconiidae), e/ou 3.000 aves de rapina (Accipitriformes e Falconiformes) e/ou 3.000 grous (Gruidae) em passagem migratória, de primavera ou outono
C6. Espécies ameaçadas ao nível da União Europeia
O sítio é um dos 5 mais importantes na região Europeia (região NUTS) em relação a uma espécie ou subespécie considerada como ameaçada pela União Europeia (incluída no Anexo I da Directiva Aves)
C7. Outros critérios ornitológicos
O sítio foi designado como Zona de Protecção Especial (ZPE) ou seleccionado como candidato a ZPE com base em critérios ornitológicos




voltar



Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com